terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Fiz 29!

E agora??

Confesso estou perdida ainda... não captei, não entendi, ainda não sei o que significa fazer 29 anos. Talvez, sinceramente, não achava que chegaria até aqui... meus planos acabavam lá pelos 24, no máximo 26... e depois, o que vinha? Não conseguia projetar tão longe... mas os anos vieram, a faculdade "bateu na porta", eu casei, comecei a encontrar-me profissionalmente... cada ano subsequente aos 26 teve um marco, um alvo... ainda não achei o dos 29... talvez esteja perdido em alguma caixa por aqui (como o meu passaporte!) "Ahhh, tu não fez as tuas metas do ano Joice? Shame on you!" Claro que fiz, mas não é disso que estou falando.

Lá, naquele tempo em que se fazia jogos para descobrir com que idade eu casaria, quantos filhos teria (lembram disso?!) as pessoas de 30 já eram "velhas" casadas, com dois filhos ou mais... E as de 29?? Eu não lembro... Alguém lembra? 

Sei que fazer 29 não é 30, mas o 30 já tem o seu lugar especial na memória das pessoas... parecido com a dos 40, eu suponho... tem a famosa crise, que já vi e estou vendo amigos passarem... especialmente para o sexo feminino, os 30 tem as pressão por filhos, herança. Porque afinal a mulher não pode esperar muito mais do que isso, não é mesmo? É o que dizem... mas o que acontece aos 29? Qual é o próximo passo??

Olho pra trás e vejo que o meu 28 foi esplêndido! Ano de tantas transformações, de dentro pra fora (essas são as melhores!). Ano de muito aprendizado e compreensão daquilo que ainda estava encoberto na minha personalidade, na forma de agir, perceber e sentir. Foi assim num passe de mágica? Claro que não... os 28 não acontecem derrepente, eles vão acontecendo... assim mesmo no gerúndio. Só descobrimos e compreendemos quando estamos preparados pra aquilo... e com certeza houve anos que não tinham "graça" nenhuma, mas  que foram fundamentais... alicerces, base, pra aquilo que um dia eu haveria de descobrir, mudar, transformar! Medo?? Sim, tudo que é novo, por mais que seja seu velho amigo, causa medo...

Talvez por isso, a estranheza dos 29... por milésimos de segundo deve ter passado na minha mente que todo o novo se perderia... que tirando mais uma folhinha do calendário as coisas estavam fadadas ao fracasso! Nãããão! O processo não para... afinal, o mesmo homem não pode entrar no mesmo rio duas vezes (ambos estarão diferentes), já dizia Heráclito! Não há um caminho de volta para a borboleta que deixa o casulo, ela não pode ser lagarta novamente. 

Mas quem segmentou o tempo? Por que vivemos em segundos, minutos, horas, dias e anos?? Desculpem-me, mas meu relógio interno não respeita esses limites... (mal consegue diferenciar entre noite e manhã, rsrs) não sinto-me com 29, tudo bem que meus sentimentos não são necessariamente confiáveis (ai, psicodrama! o que você fez comigo?!), mas meus documentos dizem que tenho essa idade, em breve eu própria vou dizer, assumir. O próprio corpo já dá sinais de que ele não é o mesmo... apesar de ainda ter amigas da adolescência (oi espinhas!), talvez só elas restaram... coisa louca isso! Quem manda mudar-se tanto Joice? É, sempre precisei de mudanças pra vida ter graça... acho que agora entendi, que a única mudança constante necessária é a da mente. A vida, o marido, os amigos, a igreja, a profissão, podem continuar o seu caminho junto comigo, lado a lado, em pleno desenvolvimento.

Ok, viajei muuuuuuito! Mas foi legal, rsrs. Seguem algumas fotinhos da comemoração dos 29 . Foi muito melhor do que imaginava, como é bom ser surpreendida pela família e pela lembrança dos amigos! Amei cada abraço, ligação, recado, em breve começo a responder! :)

Festinha pré-niver promovida pela cunha Líd, foi MTO especial!
Com a minha família + sogros! Tempo de convivência delicioso, melhor presente.

Maridão... sem ele, talvez a mudança nem tivesse começado. Amo!

Pra não perder o costume... como gostei bastante do meu look, posto sobre ele depois, hahahaha.

Parabéns se você leu até aqui! (rsrs) Thanks you all!

Bjoss!

10 comentários:

Sabrina Maria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Liliana Xavier disse...

Não poderia dizer melhor! Belo post!
Já passei pelos 29, 30 e esse ano rumo aos 31 e posso te dizer que são os melhores anos da vida da mulher. Maturidade em todos os aspectos: físico, emocional, espiritual, mental, etc.

Não trocaria esta fase por nada!

Lídia Maria disse...

Tô na mesma nóia! Principalmente porque a gente fala tanto em "quase 30" que esquece de viver os 29! Não quero isso! Eu acho que já encontrei meu marco dessa idade e adivinha só? Crescer, crescer e vencer é o seu significado! Que bom! :) Acho que pra sempre vai ser assim! Amém!

Ô, obrigada pelos créditos, mas o grande promotor da festinha foi o teu cunho! Lindo!

E ô, fiquei mto estranha nessa foto! Bj!

Nilva disse...

Mal fizeste 29 e já escrevesse tanto, imagina o que não farás até os 30. Parabéns agora pelo post. Quando amamos viver, a vida é maravilhosa em todas as idades. O mais importante é sermos gratos por tudo que a vida nos oferece, principalmente a saúde.Eu esqueci de viver os 56, sempre pensava já ter 57,então com isso acho que economizei um ano. Bjs

Nilva disse...

Finalmente consegui!!!!!!!

Elisa disse...

Olha eu aqui no intervalo do soninho do Lucas! Post reflexivo e belo! Joy querida, que seus 29 sejam bem especiais, e especial exatamente porque não foi planejado! :) Espero que tenhas recebido nossa mensagem! :) Lembramos viu?! rsrsrs
beeijoooosssssss

Marina H.U. disse...

ohhh JOice depois que li td to achando q existe crise aos 29!!
brincaderinha
aproveita e curte!! mais um ano de vida abençoado por Deus! que sejas assim alegre e extrovertida até os 129 anos!
ps. nao me convidaram pra festinha, to magoada! hahahahha
beijoss

Renata disse...

Oieeee Joice!
Nossa, amei seu texto e me identifiquei 100%, nossa daqui a alguns meses estou completando os 29 anos também. Que loucura!
Mais fique tranquila, que todo mundo fala que o melhor da vida ainda esta a caminho! Aproveite o ultimo ano dos vinte para ter muitas historias para contar depois.
Precisamos combinar algo urgente! Saudades de ti...
Abraços

JP disse...

Não tinha visto este teu outro post! A vida anda corrida por aqui... e acho que essa é a correria dos 29 anos! Hahahaha. Acho que os 29 anos é a idade de correr com tudo pra chegar aos 30 e poder dizer "antes do trinta eu já tinha feito isso, isso e aquilo"!!! Mas também, no seu caso, parece que é a idade que você está mais bonita! Bom, pelo menos pelas fotos que vi aqui, acho que nunca tinha te achado tão bonita. Acredito que isso se deva ao amadurecimento, realização profissional, pessoal, amorosa (é isso aí Fernandão!) e outras coisas que você escreveu aí em cima! Parabéns denovo e manda ver nos 29 que vai ser massa!!! Beijão do Paulistano! hahaha

Andrea disse...

Ai guria, pois é... Fiz 31 e percebi que a vida de quem tem mais de 30 é bem mais flácida... Curte os 29! hahahahaha!